Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Gabarito da prova para eleição suplementar para conselheiro tutelar de Pouso Redondo é publicado

Publicado em 27/02/2018 às 15:16 - Atualizado em 28/02/2018 às 08:21


Créditos: Diego Miguel Borba Baixar Imagem

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Pouso Redondo (CMDCA) publicou, nesta terça-feira (27), o edital com o gabarito da prova para eleição suplementar do Conselho Tutelar de Pouso Redondo, realizada nesta segunda-feira (26).

Além da prova referente a conhecimentos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), foi também aplicada uma prova prática de informática. Os candidatos com 60% de aproveitamento nas provas poderão concorrer ao cargo de conselheiro tutelar suplente. De acordo com a secretária do CMDCA, Angélica Lopes, os resultados serão divulgados no dia 5 de março e a eleição será realizada no dia 11 de março, na Escola de Educação Básica Prefeito Arno Sieverdt, das 8h às 15h.

“Pretendemos mobilizar a população para participar da eleição, seja como candidatos, seja como eleitores. Além do exercício da cidadania, a eleição permite o bom funcionamento do Conselho Tutelar, órgão importante na política da criança e adolescente”, explica o presidente do CMDCA, Camilo Freitas Machado.

 

 

Edital 001/2017 CMDCA Eleição Suplementar para Conselheiro Tutelar.

 

Prova teórica sobre conhecimento do Estatuto da Criança e do Adolescente- ECA: Lei Nº 8.069 de 13 de julho de 1990.

 

GABARITO

 

 QUESTÃO

ALTERNATIVA

01

D

02

A

03

C

04

E

05

E

06

B

07

A

08

B

09

D

10

A

                                                                        

 

 

Camilo Freitas Machado

Presidente do Conselho Municipal dos Direitos

da Criança e do Adolescente

 

 

 

Pouso Redondo 27 de fevereiro de 2018.

 

 

 

Edital 001/2017 CMDCA Eleição Suplementar para Conselheiro Tutelar.

 

Prova teórica sobre conhecimento do Estatuto da Criança e do Adolescente- ECA: Lei Nº 8.069 de 13 de julho de 1990.

 

Instruções para a realização da prova:

 

-  O tempo para realização da prova é de 45 minutos, o fiscal de sala alertará a todos sobre o tempo ao atingir 30 minutos, 40 minutos e ao término aos 45 minutos.

- Todos os candidatos ficarão na sala até o final do tempo de 45 minutos, não sendo permitida a saída antecipada.

- O envelope com as folhas de resposta será lacrado na presença dos candidatos ao final do tempo.

 

1 - São atribuições do Conselho Tutelar (Art. 136 do ECA):

 

I – Encaminhar ao Ministério Público notícia de fato que constitua infração administrativa ou penal contra os direitos da criança ou adolescente;

II – Representar ao Ministério Público para efeito das ações de perda ou suspensão do poder familiar, depois de esgotadas as possibilidades de manutenção da criança ou do adolescente junto à família natural;

III – Promover a execução de suas decisões, podendo para tanto, requisitar serviços públicos na área de saúde, educação, assistência social, previdência, trabalho e segurança.

IV – Expedir notificações;

V – Encaminhar à autoridade judiciária os casos de sua competência;

 

A - Apenas II e III estão incorretas;

B - Apenas I, II e IV estão corretas;

C - Apenas II, III e V estão incorretas;

D - I, II, III, IV e V estão corretas;

E - Apenas III, IV e V estão incorretas

 

2 - De acordo com o Art. 2 º do Estatuto da Criança e do Adolescente, considera-se criança para efeitos desta Lei, a pessoa até doze anos de idade incompletos, e adolescentes aquele entre doze e dezoito anos de idade.

 

A - Verdadeiro

B - Falso

 

3 - Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente, no Art. 136, parágrafo único, se o Conselho Tutelar achar necessário o afastamento do convívio familiar, qual é a providência a ser adotada:

 

A - Retirará imediatamente a criança de sua casa e a colocará em família substituta

B - Requisitará certidões de nascimento e de óbito de criança ou adolescente.

C - Comunicará o fato ao Ministério Público, prestando-lhe informações sobre os motivos de tal entendimento e as providências tomadas para a orientação, o apoio e a promoção social da família.

D - Encaminhará a criança ou adolescente para tratamento psicológico ou psiquiátrico.

E - Nenhuma das alternativas está correta;

 

4 - Embasado no Art. 137 do Estatuto da Criança e Adolescente, supondo que um determinado pai esteja inconformado com uma decisão do Conselho Tutelar que irregularmente aplicou ao seu filho a medida de acolhimento institucional, em regra, ele poderá.

 

A - Pleitear a revisão da decisão à polícia

B -Interpor Mandado de Segurança junto ao Promotor de Justiça.

C - Recorrer ao Presidente do Conselho Tutelar.

D- Requerer a revisão da decisão pelo CMDCA.

E- Solicitar a revisão da decisão à Autoridade Judiciária.

 

5 - Observando a obrigatoriedade descrita no Art. 56 do ECA, devem ser comunicados ao Conselho Tutelar, pelo dirigente do estabelecimento de ensino, casos de:

A - Não entrega de trabalhos escolares;

B - Ato infracional praticado por adolescente dentro do ambiente escolar;

C - Ato de indisciplina grave cometido por criança ou adolescente;

D - Faltas justificadas;

E - Maus-tratos envolvendo seus alunos.

 

6 - Com relação ao Estatuto da Criança e Adolescente, assinale a opção verdadeira:

A - As decisões do Conselho Tutelar não poderão ser revistas;

B - O acolhimento institucional é medida protetiva provisória e excepcional, usadas como forma de transição para reintegração familiar ou, não sendo esta possível, para colocação em família substituta;

C - Quando os direitos reconhecidos no Estatuto da Criança e Adolescente forem ameaçados ou violados por ação ou omissão da sociedade ou do Estado ou por falta, omissão ou abuso dos pais ou responsável, a criança ou o adolescente deve receber a medida socioeducativa adequada, dentre as previstas no art. 112;

D - A criança e o adolescente estão ambos, sujeitos ao regime das medidas socioeducativas e ao sistema das medidas de proteção;

E - Nenhuma das respostas anteriores.

 

7 - De acordo com o Art. 19, parágrafo 2º, A permanência da criança e do adolescente em programa de acolhimento institucional não deve prolongar-se por mais de 18 (dezoito meses) exceto quando verificada a sua necessidade e devidamente fundamentada pela autoridade judiciária.

A - Certo

B - Errado

 

8 - Apresenta-se como uma das medidas de proteção previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente:

A - Internação em estabelecimento educacional;

B - Acolhimento institucional;

C - Liberdade assistida;

D - Prestação de serviço à comunidade;

E - Nenhuma das respostas anteriores.

 

9 - Quanto à guarda, assinale a alternativa CORRETA:

A - Poderá ser concedida a terceiros pelo membro do Ministério Público;

B - Só pode ser exercida pelo pai, já que este é o chefe da família;

C - Pode ser concedida a terceiros pelo Conselho Tutelar;

D - Pode ser concedida a terceiros pelo Juiz da Infância.

E - Nenhuma das alternativas está correta.

 

10 - De acordo com o Art. 60. do ECA, é proibido qualquer trabalho a menores de quatorze anos de idade, salvo na condição de aprendiz

A - Certo

B - Errado

 

 

 

Edital 001/2017 CMDCA Eleição Suplementar para Conselheiro Tutelar.

Prova Prática de Informática Básica.

Nome:                                               CPF:    

 

Instruções gerais: Siga os passos abaixo para realização da prova. Você terá no máximo 45 minutos para cumprir a prova. As formatações que não foram descritas na prova não serão consideradas na avaliação, salvo se impedirem a leitura do texto ou a avaliação dos outros critérios de formatação. O fiscal acompanhará os procedimentos para dar a pontuação, bem como posteriormente será verificado o resultado final. O fiscal não poderá dar qualquer ajuda solicitada pelo candidato. O fiscal, verificando a necessidade, pode solicitar que o candidato troque para outra máquina, situação que será explicada ao candidato. Não será permitida qualquer tipo de pesquisa durante a prova. O candidato não poderá manusear equipamentos eletrônicos além do computador usado na prova prática, nem apostilas ou outra forma de informação que auxilie na prova. Caso o candidato não conclua a prova no tempo estipulado é considerado reprovado. No passo 5 você poderá, se quiser, enviar o e-mail com cópia para seu e-mail pessoal. No final da prova assine a folha de avaliação com o fiscal.

 

  1. Crie uma pasta na “área de Trabalho” do desktop com o nome “Conselho Tutelar Prova de Informática” seguido do seu nome completo

 

  1. Abra o Word e crie um arquivo. Salve o documento em seu nome na pasta criada anteriormente;

 

  1. No arquivo criado com seu nome, copie o texto com as seguintes formatações:

*Título:  com fonte times new romam, tamanho 14 em negrito e sublinhado centralizado; entre linhas simples; cor: preta;

*Corpo do texto: com fonte times new romam, tamanho 12, com parágrafo justificado, entre linhas 1,5; parágrafo com recuo especial: primeira linha com 1,25 cm; cor do texto: preta;

Segue o texto abaixo par ser copiado:

 

Título: TRABALHO EM REDE PARA COMBATER A EVASÃO ESCOLAR EM SANTA CATARINA

O APOIA trabalha em rede. Cada parte responsável (Escola, Conselho Tutelar e Ministério Público) assume o compromisso de trazer o aluno de volta à sala de aula.  O público-alvo do APOIA são crianças e jovens de 4 a 17 anos que não completaram o ensino obrigatório.

 

  1. Após salvar o documento, com o texto digitado, abra um navegador/browser (monzila fire fox ou crhome ou explorer) e acesse o endereço https://outlook.live.com

Login de acesso: cmdcact1@outlook.com* (o login de acesso variou conforme a sequência dos candidatos ao executar a prova)

Senha de acesso: provact2018

 

  1. Envie um e-mail para o endereço cmdca@pousoredondo.sc.gov.br

No e-mail o assunto deve constar “prova de informática” seguido de seu nome completo;

O corpo do texto do e-mail coloque seu nome completo novamente.

Anexe no e-mail o documento criado nos passos anteriores. Envie o e-mail;

 

  1. Saia do e-mail de forma segura, feche o navegador;
  2. Desligue o computador de forma segura; avise o fiscal que terminou a prova. Fim da prova.

 

 

 

Tabela de avaliação: prova prática de informática Eleição Para Conselheiro Tutelar Suplementar 2017/2018

Candidato:                                CPF:                 E:mail usado na prova: <cmdcact7@outlook.com> (o e-mail era diferente para cada candidato)

Hora de início:______:_______;  Hora de término:_____:______;

Item

Critério avaliado

Peso

Ponto

Parcial

Observação

1

Criar pasta

0,5

 

-------

 

1

Na área de trabalho

0,5

 

-------

 

1

Pasta com nome correto

0,25

 

-------

 

2

Criou arquivo .doc

0,25

 

--------

 

2

Criou arquivo na pasta correta

0,25

 

---------

 

2

Criou arquivo com nome correto

0,25

 

---------

 

3*

Título

1,5

 

 

 

3*

Texto

1,5

 

 

 

4

Abrir navegador

0,5

 

--------

 

4

Acessar o endereço de e-mail (site)

0,5

 

---------

 

4

Entrou no e-mail

0,5

 

---------

 

5*

Assunto e-mail

0,5

 

---------

 

5*

Corpo do texto e-mail

0,5

 

---------

 

5*

Anexar

0,5

 

---------

 

5*

Envio do e-mail

0,5

 

---------

 

6

Sair do e-mail com segurança

0,5

 

---------

 

6

Fechar navegador

0,5

 

---------

 

7

Desligar com segurança o computador

0,5

 

---------

 

-----

TOTAL:

10

 

---------

 

Outras observações: _______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________Fiscal:______________________________________________    Comissão Eleitoral:_______________________________________________________________

Assinatura do Candidato:_______________________________________________